8.4.09

A moradia 17



Estão dois homens a pintar a moradia que fica em frente à casa do meu pai, o que significa que os Müller devem vir passar a Páscoa a Portugal. Os Müller são uma família Alemã que tem uma casa de férias no meu bairro, mas já cá não vêm há tantos anos, que até pensei que tivessem morrido. Eu tinha seis ou sete anos e adorava quando eles vinham cá passar o Verão. Todos os dias me levavam à praia porque precisavam de alguém para brincar com a filha, porque eu tinha a mesma idade dela e porque eu era o único menino que eles conheciam na minha rua. A Kristin e eu mal nos percebíamos, mas nada que nos impedisse de aventurar pela praia sozinhos enquanto o Sr Jürgen dormitava na esplanada do Cascais Bar.

Um dia enquanto brincávamos na água, uma onda mais forte arrastou a Kristin, e lá estava ela prestes a morrer afogada. Sem perder tempo mergulhei, agarrei-lhe a mão direita e, com um gesto rápido puxei-a para um lugar seguro.

Durante os anos que se seguiram senti que este fora o melhor momento da minha vida. Tinha na realidade salvo a vida de alguém, e tinha ficado fascinado com a rapidez e a segurança dos meus movimentos nesse instante crítico. Via o salvamento na minha cabeça vezes sem conta, e vezes sem conta revivia a sensação de puxar aquela menina de dentro do mar.

Desde esse ano os Müller só vieram mais dois Verões, e eu não voltei a vê-la durante mais de quinze anos.

Esta manhã quando passei e vi a moradia 17 ser pintada não imaginava a surpresa que me esperava. Quando de noite fui visitar o meu pai, por acaso ou não, a minha velha amiga apareceu para me cumprimentar. Está agora crescida, é uma jovem mulher de vinte e cinco anos, que acaba de se licenciar, e devo dizer que senti algum orgulho em me ter procurado. No meio da difícil conversa que tentámos estabelecer, aludi à tarde de verão em que a tinha puxado debaixo da agua. Tinha curiosidade em saber até que ponto ela se lembrava de ter estado à beira da morte, mas pela expressão da sua cara quando lhe fiz a pergunta, era óbvio que não se lembrava de nada. Um olhar vazio, um ligeiro franzir de sobrancelhas e por fim um encolher de ombros.
Compreendi então que ela não se tinha apercebido que tinha estado em perigo. Todo o incidente ocorreu num instante, dez segundos, dez segundos da sua vida, um intervalo de tempo sem importância para ela. Para mim, por outro lado, esses dez segundos tinham representado uma experiência inesquecível, um acontecimento único na historia da minha vida.




41 comentários:

Susana disse...

Porque a vida é assim mesmo, um piscar de olhos... o esvoaçar de um pássaro...

1234 colibri
um beijo*

susana disse...

que reencontro bonito. Tens uma vida fantástica sabias? Um abraço grande, mesmo muito grande para ti:)
Não me esqueci;)
beijinhos
su

Libelinha disse...

E são momentos assim que nos fazem crescer como seres humanos!... Continua assim! Nunca vi tanta pureza e bondade num só coração!

Beijinhos

starfish disse...

Olá!

Aposto que foi tudo muito rápido... foi um acto heróico! Confesso que não sou lá grande nadadora, e também já tive alguns acidentes debaixo de água, enfim.
Já pensaste em ir para nadador-salvador? Eeheh :)
Fico feliz pelo teu reencontro.

Beijinhos

Marisa disse...

Hummm temos herói :P
O mar é muito matreiro, eu não sei nadar, fico-me pela beirinha...
Pelo menos o reencontro serviu para lhe avivares a memória :)
Beijinhos

Martina S' disse...

Salvaste mesmo a rapariga :')
E eu adoro é o facto das línguas não importarem numa amizade. Talvez essas amizades sejam as consideradas mais "verdadeiras", pois foram a partir das acções e gestos que a relação cresceu. :)

Beijocass ^^

izzie disse...

Zéquinhas...

É nestes momentos que "agradeço" ter-me cruzado com o teu cantinho... não só posso partilhar os pedaços da tua vida fantástica... como ainda fico a "conhecer" uma pessoa com valores tão certos... o q é tão raro actualmente.
Adoro a forma como descreves esses 10 segundos, a relevância que dás ao tempo.
Porque sabes o que é não poder retornar com o relógio atrás :)

Obrigada por este pedaço, por mais um bocadinho de vida,

Beijo grande,

elena alonso disse...

pois e maninho a kristin ta mesmo "crescidinha...." lol, e gira, foi bom reencontrala.
sera que vai começar a vir ca mais vezes, agora que viu como tas giraço axo que simmmmmm.(eheh...)

Polly Jean Harvey disse...

pra quem gosta da Polly:

http://pollyjeanharvey1.blogspot.com/



otimo o blog de voces!

André jesus disse...

Tinha na realidade salvo a vida de alguém... (Isto acontece por vezes nos dias de hoje, quando escreves pequenas histórias que inspiram) Por vezes são nelas onde vemos a nossa salvação e orgulho de poder ler coisas destas.

A senhora não se lembra de a teres salvo e mesmo assim procurou por ti, realmente é um gesto que hoje em dia infelizmente não se espera ver e sentir tantas vezes, foi por isso que talvez ficaste surpreendido, e fica mais uma incrivel história tua que me faz pensar.

Abraço =)

Ana e o Ponto de Cruz disse...

Mais um pedaço da tua vida que faz com que a minha tome outro significado!

Obgda =)

E como sei que adoras Rita Red Shoes aproveito para te dizer que no Domingo à noite ela vai estar no programa do Luis de Matos na RTP1 (talvez já soubesses mas pelo sim pelo não...)

Beijinhos

sonhos/pesadelos disse...

mesmo que ela não se lembre, ou que a dificuldade da linguagem não transmita a mensagem correcta, as acções ficam para quem as pratica... e essa ninguém te vai tirar!!!!
bjs endiabrados

Martina S' disse...

Obrigado Zéquinhas :)
Significa muito isto vindo de ti.
Eu amo a tua escrita e como te expressas, desde o início.
E dizendo que tu gostas da minha já é um elogio suficientemente grande :)
És sempre bem vindo.
Beijinhos grandes**

PS: Tudo o que vês no blog é uma realidade. Apenas interpretada dentro de mim, pelos meus olhos =)

Teresa disse...

Há coisas que, por mais insinificantes que possam parecer, nos marcam por algum motivo.
... Ahhh, e eu adoro reencontros!
Beijinhos grandes,
T

Nós os cinco disse...

Ou seja ja es heroi desde pequeno!!
E a malandra não se lembra de ter sido salva...mas ainda se lembrava de ti!
Ou seja o quase "afogamento" caiu no esquecimento, mas tu não!!!
Tu realmente deves ser um ser humano fantastico! Parabens!
P.S Como esta o teu pai??

Martina S' disse...

Olá =)

Tenho que informar que o meu blog (Snoopy eats cheese) está apenas disponível para autores convidados. Se quiseres continuar a segui-lo vai a este link (http://yeacklimon.blogspot.com/) e deixas o teu mail como comentário para eu te adicionar no Snoopy. Eu não publico o mail, fica descansado :) É apenas para conseguires seguir e ler o outro blog. Obrigada e desculpa pelo trabalho :$
Tive que mete-lo mesmo como "privado" :$

Beijinhos**

Martina S' disse...

*Leitores convidados

Liliana Bárcia disse...

também gostei deste espaço, vou ficar atenta e assim retribuo o teu comment no meu blog!

Ana disse...

Ola...

Convidote a visitares o meu novo espaço www.sentirmeaqui.blogspot.com

Como adoro o que escreves é sp bem-vinda uma opiniao tua =)

andreia disse...

um beijinho para o rapaz que mais do que sonhar, também sabe viver!!! :)

_Malinha viajante disse...

Estou sem palavras!! Imagino o reecontro!!:))
Um grande bj para o heroí :P

Anjo De Cor disse...

tudo pode mudar num único segundo ... se cada um de nós pensa-se nisso sempre, tenho a certeza que vivia de maneira diferente... vivemos como se a vida fosse eterna ... ;)
Beijinhos e é sempre um prazer vir até aqui ;)

PaulaPan disse...

10segundos na vida dela k n fizeram diferença, pois em 10segundos na tua, fizeste com k ela nao se lembrasse de algo mau salvando-lhe a vida...

Sassi disse...

Lamento mas não te vou estragar a surpresa! Acredita, já sabes mais do que o comum dos mortais... Mas acredito que vais adorar, é fantástico!
Beijinhos
Sassi

*flor* disse...

Nem todos damos importância às mesmas coisas... O que é realmente importante é termos algo para darmos valor como esse momento que te marcou para sempre.

=)

Green Eyes disse...

Os pequenos gestos ficam-nos na memória...
=)

Shakti disse...

São estes momentos que nos fazem crescer como pessoas, e pensar que afinal estamos aqui por alguma razão...

bj

Moonlight disse...

Aquilo que para nós em fracções de segundos tanto pode significar...para outros por vezes nada lhes diz...mas é assim os desencontros e encontros a que estamos sujeitos nesta vida.
Escreves muito bem,gostei de ter passado por aqui.

Um bj com luar

Nós os cinco disse...

Mas afinal onde anda o heroi?? Será que foi raptado pela rapariga que ha muitos anos salvou??

Estou a brincar, espero que esteja tudo bem..mas há cerca de 1 mes que não vens aqui dar uma das tuas historias!
Bom fim de semana

Anónimo disse...

Hey.
Compro-te os bilhetes para rita redshoes. Manda mail para xfigueiras@gmail.com
desculpa escrever aqui, n tou registado no forum.
joão

Ana disse...

Que é feito do sonhador que também nos faz sonhar?

Já fazem falta as tuas palavras...Espero que esteja tudo bem.

Bjinho =D

Marisa disse...

Então homem??? Desapareces-te???
Espero que esteja tudo bem
Jinhus

Green Eyes disse...

Não leves a sério a minha ameaça... lol Podes voltar a escrever (independentemente do tema)! Eu, uma mera "telespectadora", no meio de tantos outros, não me importo (de ler, seja o que for)! :p

Saltos Altos Vermelhos disse...

ela pode nem se ter apercebido mas tu sabes que salvaste uma vida! E isso é o mais importante!

starfish disse...

Então, que é feito do rapaz que sonhou? :)

Ana disse...

...

Raquel disse...

Olá!
Encontrei por acaso o teu blog quando procurava por uma imagem de Tom Sawer. Chamou-me a atenção o nome "o rapaz que sonhou"... Comecei a ler um dos teus textos e não mais consegui parar... Devorei cada um deles...
Parabéns pela forma como escreves e fazes voar a imaginação de quem lê... (fiquei invejosa, confesso!!!)
Acho que vou passar por aqui algumas vezes para me deliciar e deixar sonhar...

http://sonhos-corderosa.blogspot.com/

Sirigaita disse...

isso acontece me frequentemente!Os pontos altos da minha vida sao sempre esquecidos pelas restantes "personagens"

beijo em ti*

*IzzY_MeL* disse...

uau :D pena haver poucas pessoas assim :)

Mariquita disse...

Olá!

Respondi à tua pergunta no meu blog não sei se já viste!

Beijinho*

Ana disse...

hummm... continuo à espera do renascer do sonhador!

Beijinho**